A face obscura de uma epopéia de 185 anos

O uso da língua alemã no RS foi considerado crime, alguns colonos foram presos e espancados por falarem o alemão. ... os soldados que não se expressavam bem em português eram obrigados a usar uma braçadeira preta, ... eram forçados aos trabalhos pesados.

Sob o título "As Violências contra os alemães e seus descendentes, durante a Segunda Guerra Mundial, em Pelotas e São Lourenço do Sul – Aspectos Culturais", o Prof. Dr. José Plínio Guimarães Fachel, da Universidade Federal de Pelotas – UFPel, RS, retrata episódios obscuros que põe às claras a bestialidade humana típica de situações de guerra. 
 
Na Europa, os nazistas foram cruéis com os judeus. Aqui, os "judeus" foram também os alemães e principalmente seus descendentes brasileiros, com direito a "Kristallnacht - Noite dos Cristais"  e tudo mais em Porto Alegre, Pelotas e outras cidades. A verdade precisa ser conhecida porque repõe as coisas nos seus devidos lugares. 
 
Faz bem à auto-estima de quem foi humilhado e punido como cúmplice dos horrores do além-mar e põe a mão na consciência de quem se apressa em condenar só os odiados inimigos. 
 
 
 
Fonte : Neus (www.brasilalemanha.com.br)
 


Nenhum comentário

Obrigado pelo seu comentario!!! Volte Sempre!!!

Tecnologia do Blogger.