Pular para o conteúdo principal

160 Anos de Imigração Alemã em Santa Cruz do Sul

“Ninguém pode ser um bom brasileiro, se não honrar sua herança cultural.” Bento Munhoz da Rocha (1905 – 1973), sociólogo, escritor, professor, governador do Paraná e Deputado Federal.

"Niemand kann ein guter Brasilianer sein, der nicht seinem kulturellen Erbe Ehre macht“.  Bento Munhoz da Rocha -  Soziologe, Schriftsteller, Dozent, Staatsgouverneur von Paraná und Bundesabgedorneter.


Neste dia 19 de dezembro queremos lembrar os primeiros imigrantes que deixaram sua Heimat para trás e cheios de esperança se estabeleceram na Colônia Santa Cruz, recém fundada pelo governo do Estado de São Pedro do Rio Grande do Sul. Aqui iniciaram a construção do que viria a ser berço para nele nossas vidas se desenvolverem. A comunidade Regional, sociedade santa-cruzense e a comunidade de Linha Santa Cruz têm muito a lhes agradecer, pois eles frutificaram o solo, constituíram sociedades, construíram igrejas e escolas e assim fundaram nossa vida coletiva.

Também aos seus descendentes, que não se esqueceram de onde vieram seus antepassados, que língua e cultura trouxeram consigo, merecem nosso agradecimento e devem receber nesse dia especial homenagem. Graças a eles, em muitos lares, e em nossa região, a língua e bens culturais continuam presentes, são cultivados, enriquecem vidas e destacam a região. Os imigrantes criaram para si e para nós, que aqui vivemos, as bases para uma nova Heimat. Com os conhecimentos trazidos cultivaram o solo e contribuíram significativamente para o desenvolvimento social, cultural, bem como para o  estabelecimento do comércio e da indústria em nossa terra.

Conhecimentos trazidos como saber ler, escrever, tocar música, cantar e as habilidades profissionais foram aqui postos a serviço do desenvolvimento local. De acordo com Cunha (1991), em 1886 já viviam na Colônia 381 artesãos. Eram em maior número tecelões, sapateiros, pedreiros, marceneiros, ferreiros, carpinteiros, destiladores, moleiros, fabricantes de charutos, cervejeiros, construtores de carroças entre muitas outras profissões.


Por outro lado, a música, o canto, a vida comunitária e sua religiosidade foram importante esteio para se fortificarem espiritualmente e hoje fazem parte do patrimônio imaterial da coletividade santa-cruzense. Acresce-se a isso valores como a solidariedade, o auxílio mútuo, a compreensão do cultivo da terra como fator dignificante da vida e a importância da educação. 


 Esses valores foram fundamentais para não sucumbirem em meio à mata virgem nos primeiros tempos. Foram também importantes condições para a construção de uma nova vida, e para o engajamento na construção de nosso lugar de viver. É essa importante contribuição que devemos e queremos  rememorar e celebrar, mais precisamente nos dias 18,19 e 20 de dezembro em Linha Santa Cruz onde tudo começou. Expressar nosso agradecimento aos nossos antepassados pelas nossas vidas, honrar sua herança cultural que destaca Santa Cruz do Sul e nos empenhar para que continue presente para as gerações vindouras.

 
Autora: Lissi Bender Azambuja – Professora - UNISC - Universidade de Santa Cruz do Sul RS. Fonte: Neus / Brasil Alemanha

Comentários

  1. Devemos valorizar sempre o que nossos antepassados fizeram pelo Brasil. Infelizmente isso é raro, o que é uma pena.
    Parabéns pela data e pelo post.

    Abração

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentario!!! Volte Sempre!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Casa em estilo enxaimel, tipicas construções alemãs

Estilo Enxaimel
“O Enxaimel, ou Fachwerk (originário de “Fach” assim denominavam o espaço preenchido com material entrelaçado de uma parede feita de caibros), é uma técnica de construção que consiste em paredes montadas com hastes de madeira encaixadas entre si em posições horizontais, verticais ou inclinadas, cujos espaços são preenchidos geralmente por pedras ou tijolos. 
Os tirantes de madeira dão estilo e beleza às construções do gênero, produzindo um caráter estético privilegiado. Outras características são a robustez e a grande inclinação dos telhados. Na adaptação do enxaimel às características climáticas da região, foi necessária a implantação, por conta da elevada umidade local, de uma estrutura feita de pedra que sustenta as construções evitando que a madeira se molhe.
Casa em estilo enxaimel
As casas no chamado estilo enxaimel são uma das principais atrações turísticas em qualquer região de colonização alemã. Quando os primeiros alemães chegaram ao Brasil, a arqu…

Canção de Ninar em alemão

Esta linda canção de ninar, traz-me lembranças, na minha infância eu escutava ela.. é tão melodiosa e tranquila, parece uma linda prece. Trouxe aqui a letra e música (com tradução) em um vídeo emocionante de Vicky Leandros.

Guten Abend, Gute NachtCanção infantil Guten Abend, gut' Nacht!
Mit Rosen bedacht,
mit Näglein besteckt,
schlupf unter die Deck'!
Morgen früh, wenn Gott will,
wirst du wieder geweckt,
morgen früh, so Gott will,
wirst du wieder geweckt.
Guten Abend, gut'Nacht!
Von Englein bewacht,
die zeigen im Traum
dir Christkindleins Baum,
Schlaf nun selig und süß,
schau im Traum's Paradies,
schlaf nun selig und süß,
schau im Traum's Paradies.

Tradução:

Boa noite, boa noite!
preocupado com as rosas,
corados com cravos,
deslizar sob o cobertor!
Amanhã de manhã, se Deus quiser,
você vai acordar mais uma vez,
amanhã, se Deus quiser,
você vai acordar mais uma vez.
Boa noite, boa noite!
guardada por anjos,
o show em um sonho
seu filho Jesus
Durma agora de…

Dia da Unidade Alemã

3 de outubro é o Dia da Unidade Alemã e é dia de todo alemão comemorar. Há 26 anos, a Alemanha se reunificava, um ano após a queda do muro de Berlim, dando um fim à divisão do país ocorrida depois da Segunda Guerra Mundial. Por isso, hoje é feriado nacional na Alemanha.

Dresden, Capital da Saxônia é apreensiva anfitriã da cerimônia pela reunificação da Alemanha, centenas de milhares são esperados. Mas atos xenófobos mancham sua imagem, e o medo de atentados norteia as medidas das autoridades.
Apesar do devastador bombardeio no fim da Segunda Guerra Mundial, a cidade de Dresden, no Leste da Alemanha, tem muita beleza arquitetônica a oferecer. Dois de seus mais imponentes edifícios estão em foco nesta segunda-feira (03/10), quando o país comemora o 26º aniversário de sua reunificação pacífica.
Na igreja Frauenkirche – símbolo da cidade, reconstruído com baita engajamento por parte dos cidadãos – é celebrado um culto ecumênico. Na Semperoper, uma das mais famosas casas de ópera do mundo…