Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2012

A magia do Natal no quebra-nozes

O natal já passou, mas o encantamento ainda me envolve até o final do ano, são histórias e músicas que ressoam na minha alma.Uma das mais elas histórias de natal é o Quebra Nozes.

De um simples utensílio para descascar nozes e avelãs, o soldadinho de madeira tornou-se um dos enfeites de Natal mais famosos da Alemanha, há algumas décadas, o utensílio de madeira tornou-se um dos principais enfeites de Natal na Alemanha, com lugar garantido na decoração. Velas, presépios e pinheirinhos podem ser típicos, mas nenhum é tão genuíno quanto o quebra-nozes, sempre caracterizado de soldadinho.

O utensílio-enfeite foi baseado em uma ilustração do conto O rei Quebra-Nozes e o pobre Reinhold, escrito por Heinrich Hoffmann em 1851. Esse conto de Natal relata a história de um menino enfermo que, em seus sonhos, é levado por um quebra-nozes a um mundo repleto de brinquedos. Ao acordar pela manhã, a criança encontra os brinquedos de seus sonhos junto ao pinheirinho de Natal e recupera a saúde.

O conto d…

Ein frohes Weihnachtsfest und alles Gutes zum Neuen Jahr

Ou em bom português, UmFeliz Natal etudo de bom parao Ano Novo
São os votos do Blog, que procura trazer um pouco da Alemanha para vocês leitores, e para todos os amigos que nos prestigiaram no ano.


Os revolucionários irmãos Grimm

Eles não apenas coletaram contos de fadas, mas também estudaram a língua alemã, estabelecendo assim as bases da germanística. Por seu estilo provocador e seu pioneirismo, foram uma pedra no sapato dos eruditos de então. 
Os irmãos Grimm tinham uma visão: eles queriam preservar um pedaço da história cultural alemã, que na ocasião ameaçava desmoronar. No início do século 19 ainda não havia uma unidade alemã, e dominavam a instabilidade política, as lutas pelo poder e as conquistas militares. Isso perturbava Jacob e Wilhelm Grimm. 
Eles queriam uma nação unificada, um espírito de unidade entre o povo. 
Eles começaram então a explorar sua língua pátria e a recolher contos populares e mitos antigos, criando assim um campo de investigação desconhecido na época. Escreveram centenas de obras, incluindo marcos históricos, como o Dicionário Alemão, a Mitologia Alemã e a Gramática Alemã.
Fonte: DW

Existe azar ou sorte? Glückspilz

A Deutsche Welle , respeitável grupo de comunicações da Alemanha, promove em sua página da web (http://dw.de) , "Palavra da Semana". A desta é Glückspilz, a explicação abaixo:

"Existe azar ou sorte? Podemos influenciar os fatos do cotidiano? Difícil responder objetivamente. Fato é que para algumas pessoas tudo parece dar certo. Elas sempre encontram uma vaga para estacionar o carro, escolhem sempre a fila que anda mais rápido, vira e mexe encontram dinheiro no chão. Em alemão, essas pessoas são chamadas de 'Glückspilz' (Pilz = cogumelo, Glück = sorte)."

Era uma vez, festivais de narrativas e de contos de fadas na Alemanha

No ano em que os “Contos infantis e domésticos” dos Irmãos Grimm, conhecidos em português como “Contos de Grimm”, comemoram seu segundo centenário, os festivais dedicados a narrativas e contos de fadas alcançam uma imensa popularidade. Mas o que é exatamente um festival de narrativas? E qual é a função dos contos de fadas nos dias de hoje?
Autores famosos, entrevistas, sessões de autógrafos: há toda uma organização profissional para eventos literários na Alemanha. Enquanto a encenação da literatura no palco já se tornou praxe em festivais realizados em Hamburgo, Berlim e Munique, a dos festivais de narrativas e de contos de fadas tem uma outra tradição. 
Aqui, autores famosos não têm lugar, pois quem está no foco das atenções é a história – e a maneira como é contada. Era uma vez... em 1997 No verão de 1997, Regina Sommer fundou em Aachen o Zwischen-Zeiten (Entre tempos), um dos primeiros festivais de narrativas de grande porte da Alemanha. Sendo ela própria narradora de …

Árvore de Natal já foi pomo da discórdia entre católicos e protestantes

Durante séculos, o símbolo natalino foi distintivo entre católicos e protestantes, estes inicialmente depreciados como adeptos da "religião da árvore de Natal". No século 19, o costume se tornou transconfessional. 
A aconchegante cena faz bater mais forte os corações dos protestantes da Alemanha: Martinho Lutero sentado, ao lado de sua família, numa confortável sala, em torno de uma pequena árvore de Natal decorada.
Lutero e família na noite de Natal de 1536, em Wittenberg: assim o artista Carl August Schwerdgeburth, de Weimar, intitulou sua gravura (imagem ao lado) . Porém o quadro que o tornou conhecido no século 19 não passa de uma mentira.
Difundida pela guerra
"Lutero jamais se sentou sob a árvore de Natal", sentencia o etnólogo Alois Döring, de Bonn. Pelo contrário: o reformador alemão nem mesmo conhecia esse símbolo, pois os primeiros registros de uma festa com um pinheiro decorado remetem ao final do século 16, quando a autoridade de uma localidade…

Nova Petropolis, turismo histórico

Um dos mais belos locais da serra gaúcha, de forte conteúdo histórico para a Familia Voltz, Nova Petrópolis abriga muito lugares turisticos para serem explorados, um deles é a Praça Theodor Amstad - Linha Imperial, RS 235.  Construída em 1942, com o apoio dos colonos da Linha Imperial, a Praça Padre Theodor Amstad possui um busto em homenagem ao iniciador do Cooperativismo Brasileiro.  Localizada em Linha Imperial, a 7 km do centro da cidade, em frente à Igreja São Lourenço Mártir, onde também é encontrado o túmulo do Padre Amstad.

História do Padre Theodor Amstad
:
Em 1902, Padre Theodor Amstad, vindo da Suíça, instalou-se na Linha Imperial e com o objetivo de reunir as poupanças das comunidades, a exemplo das Raiffeisen (Alemanha) cria a Bauerkasse (caixa rural para os colonos): sendo assim uma econômica e de empréstimos. Amstad, que passara no lombo de um burro, inúmeras cidades com o seu idealismo, equivalente a um trajeto quatro vezes e meia volta ao mundo; fora chamado de…

Dia dos professores e a educação na Alemanha

Já tinha falado que estudei em uma escola privada, mantida por instituição religiosa luterana, credo religioso de minha familia. Lá teci alguns comentários sobre o sistema educacional alemão e como é a formação do estudante, agora no dia do professor (no Brasil é dia 15/10 e na Europa e Estados Unidos é dia 05/10).

Agora vamos ver como é o professor na Alemanha, o título de professor é também reservado, nas universidades, apenas a docentes seniores. Ao contrário do que acontece nos países de língua inglesa porém, a promoção ao nível de Professor requer que, além do grau acadêmico de doutor, o candidato passe também pelo processo de Habilitação (semelhante à antiga Livre-docência no Brasil), que normalmente exige a submissão de uma segunda tese (monográfica ou cumulativa) e uma aula pública ministrada perante uma banca de especialistas.

Em geral, são necessários vários anos de experiência profissional ou acadêmica após a conclusão do doutoramento para que um indivíduo se qualifique a ob…

Oktoberfest, uma festa de culto as tradições germanicas

A Oktoberfest é considerada uma importante tradição germânica, pois nasceu inspirada na festa da cerveja, de Munique, na Alemanha, que deu seus primeiros passos em 12 de outubro de 1810 no casamento do Rei Luis I com a Princesa Tereza da Saxônia.
No Rio Grande do Sul, Santa Cruz do Sul promove a terceira maior festa desse gênero no mundo, e uma das tradições mais cultuadas é a música que você pode ouvir e curtir (ou conhecer) neste link do site da Oktoberfest.


Fonte: Site da Oktoberfest de Santa Cruz do Sul

Cidade de Pedro, a joia do norte

Continuando nosso roteiro de cidades que começamos com Budapeste , nesta viagem de cinco séculos, muitas familias cruzaram a história com os Volz. Hoje a cidade escolhida é São Petrogrado (São Petersburgo), terra natal de Rudolph e Juliana Laps.

Fundada pelo czar Pedro, o Grande em 27 de maio de 1703, às margens do rio Neva (foto ao lado) , serviu de capital do Império Russo por mais de duzentos anos (1713–1728 e 1732–1918). São Petersburgo deixou de ser a capital em 1918, após a Revolução Russa de 1917. É a segunda maior cidade da Rússia e a quarta da Europa (em território) atrás de Moscou, Londres e Paris.

A cidade possui 4,6 milhões de habitantes e mais de 6 milhões de pessoas vivem nas cercanias. São Petersburgo é um dos maiores centros culturais da Europa e um importante porto russo no Mar Báltico. O centro histórico da cidade e o grupo de monumentos constituem patrimônio mundial da UNESCO.

Fonte: Wikipedia

Budapeste, a cidade rainha do danubio

No primeiro artigo do blog,  expliquei porque os Volz (Alemães) e os Voltz(Brasil) são aparentados. Assim começamos a viagem de mais de 500 anos desta familia. Ao longo destes cinco séculos, muitas familias cruzaram a história com os Volz. E invariavelmente eram todas de confissão (religião) luterana. 
Isto até Júlio Voltz casar com a católica, de descendencia hungara, Maria Schetinger, filha de imigrantes de Budapeste, a cidade rainha do Danúbio, é nela que vamos falar hoje.

No lado direito do rio Danúbio vê-se Peste. No lado esquerdo está Buda. Oficialmente unidas desde 1873, as duas formam a cidade que ficou conhecida como Rainha do Danúbio. Com uma história conturbada, de invasões e lutas, ela agora está mais bela do que nunca. Arte, cultura, arquitetura, culinária e ricas tradições fazem da capital da Hungria um convite irrecusável.


Construídas sobre as ruínas da cidade romana de Aquincum, os antepassados dos Húngaros modernos foram os magiares, que …

Festival do Folclore em Nova Petropolis

Nova Petropolis, aprazível cidade na serra gaúcha, terra natal de Jacob Voltz e Julio Voltz, realiza o 40º Festival Internacional do Folclore. 
Mais uma oportunidade para conferir a cultura e as típicas competições germânicas tais como moças e rapazes se revezarem para enterrar pregos em duas torras localizadas no palco do evento, com o adendo de terem que ser levados de carrinho de mão até a frente do palco, e a tradicional competição prova do chopp:  com tulipas especiais, homens e mulheres, competiram degustando a bebida oficial da cultura germânica no Chopp em metro. 
Para quem quiser conferir o Festival, ele vai até o dia 12/08/2012, na rua coberta, no centro de Nova Petrópolis. (mapa abaixo)


Dia da imigracao alema

Os primeiros imigrantes alemães chegaram a Porto Alegre, capital da província de São Pedro do Rio Grande, em 18/7/1824. Logo depois, foram enviados para a desativada Feitoria do Linho Cânhamo, um estabelecimento agrícola do governo, que não dera resultados. Essa feitoria localizava-se à margem esquerda do Rio dos Sinos. 
Em 25/7/1824, esses 39 imigrantes, sendo 33 evangélicos e seis católicos, chegaram ao seu destino. Esta é a data de fundação de São Leopoldo, de onde vem o título de Berço da Imigração.
Eles foram instalados na Feitoria até que recebessem seus lotes coloniais. O Governo do Estado batizou o núcleo de imigrantes de Colônia Alemã de São Leopoldo, que se estendia por mais de mil km², abrangendo na direção sul-norte, de Esteio até Campo dos Bugres (hoje, Caxias do Sul), e em direção leste-oeste, de Taquara (hoje) até o Porto de Guimarães, no rio do Caí (hoje, São Sebastião do Caí).
Aos poucos, outros imigrantes ocuparam os vales do Rio dos Sinos, Cadeia e Caí, la…

Linha dos Voltz

Quando Julio Voltz migrou para o municipio de Rolante (junto com seus familiares) contei a história do municipio de Rolante. Agora é hora de mostrar ( foto ao lado e no vídeo abaixo) a localidade em que se estabeleceram os Voltz, a denominação do lugar é apropriada: "Linha dos Voltz". A foto e o vídeo são de autoria de Adriana Melgarecho

Semana historica e a morte do coronel

Esta semana é histórica para o Rio Grande e para os familiares da Familia Voltz, faz parte da revolta dos Muckers, comandados por Jacobina Mentz Maurer, esposa de João Jorge Maurer, neto de Leonhard Volz, pioneiro da familia na imigração da Alemanha para o Brasil.

Para quem quiser saber mais sobre a imigração de Leonhard, recomendamos a leitura do artigo São José do Hortêncio e o Pioneiro Leonhard Volz.

A semana é para marcar a data do cerco da casa de Jacobina e João Jorge e a morte do Coronel Genuino Olimpio Sampaio.

Já escrevi vários artigos sobre os Muckers, recomendo a leitura abaixo discriminada:
Morro Ferrabraz e os MuckersMuckers, uma abordagem psicologica e benditaGuerras e revoluções no histórico familiar Abraço sela paz entre os descendentes

A guinada do mundo por um antigo poema

A história de um escrivão papal italiano andando por uma biblioteca monástica 600 anos atrás e encontrando um poema romano que mudaria o mundo ocidental parece enredo de conto histórico popular. Mas é exatamente isso que o professor de Harvard e estudioso das obras de Shakespeare, Stephen Greenblatt, argumenta em seu livro The swerve: How the world became modern (A guinada: Como o mundo se tornou moderno).
Ele narra o descobrimento de De rerum natura (Sobre a natureza das coisas) por Poggio Bracciolini, numa abadia alemã, em 1417. Trata-se de um tributo ao filósofo grego Epicuro. Entre outras coisas, o poema nega a existência de deuses e propõe que o mundo consiste de pequenas partículas de energia, antecipando assim as ideias da ciência moderna.
Greenblatt argumenta que o poema teve uma profunda influência nos pensamentos de uma diversa gama de pensadores, desde Galileo e Freud, até Darwin e Thomas Jefferson. Este ano o livro recebeu um Prêmio Pulitzer e foi publicado …

Dia das Mães na Alemanha

O Dia das Mães foi instituído na Alemanha em 1923. Foi um reconhecimento tardio às mulheres que haviam perdido os filhos nos campos de batalha da Primeira Guerra Mundial. Mais tarde, a data foi usada ao extremo pela propaganda nazista. Como precisasse de soldados para sua máquina de guerra, Hitler condecorava as mães com grande número de filhos. 
Atualmente, o Dia das Mães na Alemanha tem um forte sentido comercial, mas também de reconhecimento pelas crianças. A Igreja, as creches e as escolas aproveitam a data para homenagens em forma de trabalhos de pintura, colagem ou pequenas lembrancinhas feitas pelas crianças. Além disso, é tradição "surpreender" as mães com o café da manhã na cama ou assumir suas tarefas domésticas neste dia.
Fonte: DW

Füssen, na cidade do castelo Neuschwanstein

Füssen é mais que apenas uma estação na Rota Romântica do sul da Alemanha. Além do palácio que inspirou o castelo da Cinderela dos desenhos da Disney, Füssen é rica em história e artesanato. 
Bem no sul da Alemanha fica a cidade de Füssen. Localizada a 808 metros acima do nível do mar e na fronteira com o Tirol austríaco, é a cidade de maior altitude na Baviera.
Para quem está Munique, não é difícil chegar a Füssen. Depois de aproximadamente duas horas de ônibus, uma olhada ao topo da montanha não deixa dúvida: lá está a cidade que abriga o famoso castelo Neuschwanstein (foto ao lado) . Construído pelo rei Ludwig 2º, o palácio serviu de inspiração para o castelo da Cinderela dos desenhos de Walt Disney.
Mas Füssen tem outras atrações, principalmente para quem prefere passeios alternativos ou evitar os locais com grande concentração de turistas. Julia Hiemer, escultora nascida em Füssen, acredita que a cidade tem o tamanho certo e que "quando se mora aqui, tudo…

Immanuel Kant, o grande filosofo do iluminismo

Nesta data, em 1724, nasceu  filósofo alemão Immanuel Kant. Ele questionou o que conhecemos através dos sentidos, colocou a razão no centro de sua filosofia crítica e apontou os limites do conhecimento. 
Seu trabalho concentrou-se na resposta a três questões: O que eu sei? O que devo fazer? O que devo esperar? Entretanto, as respostas para as duas últimas dependem da resposta à primeira: nosso dever e nosso destino podem ser determinados somente depois de um profundo estudo do conhecimento humano.
Kant morreu em Königsberg, aos 79 anos de idade, a 12 de fevereiro de 1804. Entre suas principais obras estão Crítica da Razão Pura, Fundamentação da Metafísica dos Costumes, Crítica da Razão Prática e Crítica da Faculdade de Julgar. A primeira delas criou as bases para a "teoria do conhecimento" como disciplina filosófica.
Immanuel Kant é considerado o grande filósofo do Iluminismo. Ele próprio assim respondeu à questão "o que é o Iluminismo?":
"O Ilumin…

Tradicao alema e ritos germanicos na pascoa

Os alemães que cultivam a tradição colorem ovos cozidos, assam bolos especiais na Páscoa e fazem fogueiras em algumas regiões. A festa cristã se sobrepôs à que os germanos dedicavam à deusa da primavera. 
Na Alemanha, a tradição cristã da Páscoa como a festa da ressurreição de Cristo, em que a morte não é vista como o fim e sim como o recomeço de uma nova vida, está ligada a elementos da mitologia germânica. Segundo Jacob Grimm, um dos famosos irmãos Grimm, o próprio termo alemão, Ostern, deriva de Ostara, a deusa germânica da primavera. 
Esta procissão a cavalo (foto ao lado) é tradição em Crostwitz, no leste da Alemanha, sendo cultivada há 450 anos pela minoria sórbia. Objetivo da cavalgada é proclamar a ressurreição de Cristo 


"A primeira das grandes festas germânicas da primavera, representando a vitória do sol aquecedor sobre as trevas e o frio do inverno, é Ostern. Segundo Jacob Grimm, um dos famosos irmãos Grimm, o próprio termo alemão, Ostern, deriva de Ost…

Alemaes mantem periodo de reflexao na quaresma

Na Alemanha, durante a Quaresma, mesmo entre os menos religiosos não é raro encontrar quem siga algum tipo de jejum alimentar ou se abstenha, por exemplo, do uso da internet ou do automóvel. 
Segundo uma pesquisa realizada pela Apotheken Umschau, revista editada por uma associação de farmácias alemãs, 11,3% dos entrevistados se submetem a algum tipo de privação voluntária durante os dias que se seguem à Quarta-Feira de Cinzas.
A pesquisa revela ainda que a prática de jejum ou de alguma mudança no cotidiano durante a Quaresma é mais comum entre as mulheres do que entre os homens alemães. 
Mais de 13% das mulheres entrevistadas afirmaram praticar algum tipo de privação durante esses dias. Já entre o público masculino, esse número cai para 9,1%. Há ainda grandes diferenças regionais: 13,1% dos habitantes do Oeste da Alemanha afirmam respeitar a Quaresma, percentual quase três vezes maior do que o encontrado entre os moradores do Leste do país.
Fonte: DW

Bremerhaven, partidas para novo continente

Nos séculos passados, sete milhões de pessoas deixaram a Alemanha em busca de melhores perspectivas de vida a partir da cidade portuária de Bremerhaven. Apenas para relembrar, foi deste porto que o pioneiro Leonhard Volz (meu tetravô) partiu através do Navio Olbers.

Em Agosto de 1828, chegaram ao porto do Rio de Janeiro em Dezembro, se deslocaram para o Rio Grande do Sul, chegando na Colônia de São Leopoldo em 10 de Março de 1829. O navio Olbers foi considerado o navio que partiu com a maior quantidade de imigrantes alemãs, várias famílias vieram nesse navio.

Hoje, a cidade possui diversos museus e atrações para os turistas. Fonte: DW

A exuberante natureza da floresta bavara

A Baviera (em alemão Bayern e em latim Bavaria) é o maior estado da Alemanha ,partilha da fronteira alemã com a Áustria (Estados da Alta Áustria, Salzburgo, Tirol e Vorarlberg) a sudeste, com a República Checa a oeste e o Lago de Constança a sudoeste. No quadro da Alemanha, é rodeada pelos estados de Baden-Württemberg (a oeste), Hessen (a noroeste), Turíngia (a norte), e Saxónia (a nordeste). Os rios mais importantes são o Danúbio (Donau em alemão) e o Meno (Main em alemão). Sua capital é Munique (em alemão: München).



Três ambientes que misturam natureza e históra tornam o Parque Nacional Falkenstein um dos lugares mais atraentes da Baviera. Vegetação rara e exossistemas intactos são atração.

Em 1997, a área ao norte da Floresta Bávara foi declarada parte integrante do Parque Nacional de Falkenstein. A região abriga o bosque Hanz-Watzlik, um dos lugares mais importantes do parque, por conter uma grande coleção de árvores antigas. O bosque era anteriormente conhecido como Floresta das…

A mágica viagem pelas cidades de Bach

Johann Sebastian Bach, um dos maiores compositores alemães, nasceu em Eisenbach e ganhou fama em Leipzig, onde foi diretor musical e compôs intensamente. Coral dos meninos ao estilo de Bach ainda arrasta multidões para Leipzig. 
Foi no pé da montanha e do castelo Wartburg, em Eisenach, no estado da Turíngia, que o compositor nasceu, em 1685. O centro histórico da cidade ainda preserva a mesma atmosfera da infância do músico.
Uma parada obrigatória para os fãs do compositor é a prefeitura da cidade. Esse era o local onde, antigamente, os tocadores de pífaro faziam soar o instrumento para informar a hora certa. Um dos músicos mais conhecidos era Johann Ambrosius Bach, pai de Sebastian Bach.
Mas foi em Leipzig que o compositor viu sua carreira florescer. Já nos tempos de Bach, a cidade era conhecida como metrópole cultural e centro de comércio. Em 1723, Bach se candidatou à vaga de diretor musical da igreja de São Tomás, passou por vários testes e, em 22 de abril daquele ano,…

Floresta Negra, encantos, história e contos

Penetrar na "Floresta Negra", na região da Schwarzwald, que em alemão era conhecida como "Svarzwald", é megulhar, também em um clima de histórias e contos. Recebeu este nome no ano de 868, quando ninguém ainda se atrevia a desbravar mata adentro. Naquela época, o tipo de árvore que mais crescia no local era a faia. Hoje, cerca de 80% das matas são compostas por coníferas.
A região também inspirou vários contos de fadas. Uma das histórias mais famosas da Floresta Negra é Coração de Pedra, do poeta e escritor Wilhelm Hauff. O museu das histórias e contos, na comunidade de Baiersbronn, preserva textos do escritor e guarda com orgulho registros feitos naquela região no início do século 19.
Hoje, a Floresta Negra recebe visitantes de todas as partes do mundo. Ao norte, está a elegante região de Baden-Baden, rica com seus cassinos e suas obras de arte. Ao sul, a atração é o pico mais alto do estado de Baden-Württenberg.
Fonte Deutsche Welle