Alemanha, copa e chocolate


Aquele falso dilema da falta de patriotismo, mesmo sendo descendente de alemães, obrigatoriamente tornaria-me torcedor incondicional da Seleção Brasileira. Longe disto, para quem acompanha minhas postagens, sabe que sou torcedor da seleção alemã.

Não podemos tratar os diferentes como iguais, para a Alemanha, é um motivo de alegria, para nós, brasileiros, seria uma das únicas oportunidades de ser feliz.

A Alemanha possui um dos melhores sistemas de saúde, mobilidade urbana e ensino de qualidade superior, a pátria das "chuteiras" talvez só tenha isto : "chuteiras", falta infra-estrutura básica, educação e segurança pública de  qualidade para nos orgulhar.

Não me empolgo há muito tempo com o futebol, são grandes negócios movidos por uma indústria de empresas, empresários e entidades que transformar tudo em cifras bilionárias.

Ah! o esporte faz parte também... mas agora temos mais quatro anos para que a seleção brasileira "lamba" suas feridas e (se classificar nas eliminatórias sul-americanas) concorra à taça da copa do mundo.

Eu vou torcer no domingo pela seleção alemã, mas sem sentimento de fim de mundo ou de realização plena. Na segunda-feira, o mundo volta ao normal, as mazelas voltam às luzes e poderemos ver o que restou de "legado"..





Nenhum comentário

Obrigado pelo seu comentario!!! Volte Sempre!!!

Tecnologia do Blogger.