Pular para o conteúdo principal

Puxadinhos verdes

Leipzig
Os "Schrebergärten" – jardins urbanos alemães – são muitas vezes confundidos com favelas por estrangeiros, mas são espaços de lazer super disputados na Alemanha. 

Terrenos públicos são arrendados à população.

A primeira impressão do olhar estrangeiro sobre as pequenas casinhas amontoadas à beira das ferrovias ou no meio das cidades é de que são "favelas ao estilo alemão". 

Os barraquinhos de madeira enfileirados e separados por cercas são, na verdade, parte dos disputados jardins urbanos da Alemanha – os Schrebergärten.

Os terrenos públicos cedidos a mais de 15 mil associações que coordenam o aluguel e a utilização dos espaços servem para o cultivo de legumes, verduras e flores. Ou ainda para aproveitar as noites quentes do verão depois do trabalho ou fazer um churrasco no fim de semana.

É uma opção econômica para quem mora em apartamentos e não tem um espaço de lazer ao ar livre. Os "puxadinhos" nas grandes e pequenas cidades da Alemanha já foram considerados caretas, mas se tornam cada vez mais populares entre as famílias jovens alemãs. 

Os mais de um milhão de Schrebergärten na Alemanha cobrem uma área de quase 50 mil hectares e são disputadíssimos. Há longas filas de espera para conseguir alugar um pequeno lote. Os preços variam de acordo com a região e instalações próximas, como piscinas públicas ou espaços de diversões para crianças.

O arrendamento dos lotes é, geralmente, por tempo indeterminado e pago anualmente à associação que gere a área, mas os cerca de 5 milhões de locatários precisam cumprir as regras de organização e limpeza. As cercas vivas precisam ser aparadas de forma impecável, o gramado bem cortado, e os caminhos de passagem sempre limpos para que os vizinhos não reclamem.

Tem até quem comemore a festa de casamento nos pequenos jardins, idealizados há 200 anos. A primeira colônia de jardins urbanos foi estabelecida em 1814 por um pastor na cidade de Kappeln, no extremo-norte da Alemanha.

Fonte: DW

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casa em estilo enxaimel, tipicas construções alemãs

Estilo Enxaimel
“O Enxaimel, ou Fachwerk (originário de “Fach” assim denominavam o espaço preenchido com material entrelaçado de uma parede feita de caibros), é uma técnica de construção que consiste em paredes montadas com hastes de madeira encaixadas entre si em posições horizontais, verticais ou inclinadas, cujos espaços são preenchidos geralmente por pedras ou tijolos. 
Os tirantes de madeira dão estilo e beleza às construções do gênero, produzindo um caráter estético privilegiado. Outras características são a robustez e a grande inclinação dos telhados. Na adaptação do enxaimel às características climáticas da região, foi necessária a implantação, por conta da elevada umidade local, de uma estrutura feita de pedra que sustenta as construções evitando que a madeira se molhe.
Casa em estilo enxaimel
As casas no chamado estilo enxaimel são uma das principais atrações turísticas em qualquer região de colonização alemã. Quando os primeiros alemães chegaram ao Brasil, a arqu…

Canção de Ninar em alemão

Esta linda canção de ninar, traz-me lembranças, na minha infância eu escutava ela.. é tão melodiosa e tranquila, parece uma linda prece. Trouxe aqui a letra e música (com tradução) em um vídeo emocionante de Vicky Leandros.

Guten Abend, Gute NachtCanção infantil Guten Abend, gut' Nacht!
Mit Rosen bedacht,
mit Näglein besteckt,
schlupf unter die Deck'!
Morgen früh, wenn Gott will,
wirst du wieder geweckt,
morgen früh, so Gott will,
wirst du wieder geweckt.
Guten Abend, gut'Nacht!
Von Englein bewacht,
die zeigen im Traum
dir Christkindleins Baum,
Schlaf nun selig und süß,
schau im Traum's Paradies,
schlaf nun selig und süß,
schau im Traum's Paradies.

Tradução:

Boa noite, boa noite!
preocupado com as rosas,
corados com cravos,
deslizar sob o cobertor!
Amanhã de manhã, se Deus quiser,
você vai acordar mais uma vez,
amanhã, se Deus quiser,
você vai acordar mais uma vez.
Boa noite, boa noite!
guardada por anjos,
o show em um sonho
seu filho Jesus
Durma agora de…

Partitura rara de Bach alcança alto valor

Partitura foi provavelmente escrita por Johann Sebastian Bach entre 1740 e 1745 e altamente valorizada pelo compositor. Muitas de suas peças continuam perdidas.

Uma rara partitura escrita à mão pelo compositor alemão Johann Sebastian Bach (1685-1750) foi arrematada em 13/07/2016 por 3,3 milhões de dólares, após ser leiloada pela tradicional casa londrina Christie's.
Provavelmente escrito entre 1740 e 1745, o Prelúdio, Fuga e Allegro em Mi bemol Maior (BWV 998) é uma das peças favoritas para cravos e alaúdes. Assim como muitas obras de Bach, ela pode ser tocada em diferentes instrumentos, o que é expressamente indicado numa anotação do compositor: "Prelude pour la Luth ò Cembal" (prelúdio para alaúde ou teclado).
Antes do leilão, a partitura, que não mudava de dono ou era vista desde que foi tornada pública em 1969, foi exibida em Hamburgo, Munique, Düsseldorf e Stuttgart, seguindo então para exposições em Nova York e no Japão.
Abaixo o video da obra:



 Fonte: DW