Como um monge tão jovem provocou uma revolução religiosa mundial

Figura de Playmobil de LuteroHá 500 anos, Martinho Lutero deflagrou uma verdadeira revolução religiosa ao criticar publicamente a Igreja Católica em Wittenberg, na Alemanha. Pouco se sabe sobre ele e sua vida, e geralmente se tratam de meias-verdades e lendas.

"Tão logo uma moeda na caixa cai, a alma do purgatório sai." 

Este ditado é atribuído ao monge dominicano Johan Tetzel, que era conhecido por vender indulgências em toda a Alemanha. O trabalho de Tetzel era irrelevante para as preocupações teológicas de Martinho Lutero, mas o reformador estava irritado com a venda de indulgências, o pagamento de dinheiro à Igreja em troca da remissão de pecados.

Ele nunca teve a intenção de questionar a Igreja ou o papa, mas, em 31 de outubro de 1517, Lutero escreveu ao arcebispo Albrecht de Mainz pedindo a correção e disputa acadêmica, ou seja, um debate sobre o assunto.

Lutero preparou, então, uma série de argumentos e críticas para serem usadas no debate. De acordo com ele mesmo, 95 dessas teses foram pregadas pessoalmente por ele, com um martelo, na porta da igreja de Wittenberg. Isso, no entanto, nunca foi provado.

Por outro lado, essas teses causaram um efeito fenomenal, que rapidamente se espalhou por todo o país. Lutero provavelmente se tornou famoso porque as teses que criticavam a Igreja foram impressas em um folheto que conseguiu grande circulação.

Fonte: DW

Nenhum comentário

Obrigado pelo seu comentario!!! Volte Sempre!!!

Tecnologia do Blogger.