A vez de falar em Niederlinxweiler

Niederlinxweiler  é uma pequena aldeia com 2500 habitantes, para chegar a partir da rodovia 41 ou sobre a linha ferroviária Sarburgo - Binger-Brück.  Niederlinxweiler foi a primeira menção documentada no ano 871, sendo, portanto, uma das mais antigas casas no estado de  Sarre.

O nome é Niederlinxweiler sobre as pessoas nomeadas Laniogais "volta a liderar, pelo vernáculo evoluiu Linxweiler ele.

A cidade de St. Wendel caracteriza o que está acontecendo hoje em Niederlinxweiler que nem sempre foi assim.  O local foi  anteriormente ligado a  cidade de Ottweiler .

Niederlinxweiler está rodeado por três montanhas, o Spiemont, o Steinberg e Gänsberg. Estas três montanhas estão também simbolicamente mostradas na aldeia fonte.  Sobre a encosta sul da Spiemont é a parte mais antiga da cidade, a partir daqui pode começar um passeio pelo alto cume no leva a  cadeias de montanhas do  Spiemontes .  A partir de aqui você tem uma vista maravilhosa de St. Wendel no país. 
Pois desta cidade histórica  é que meu tetravô materno, Leonard Volz , sua esposa Maria Catharina Roth e filhos se dirigiram para o porto de Bremen, e a bordo do veleiro transoceânico Olbers migraram em direção ao Brasil em em 26.9.1828
 

Leonhard estabeleceu-se inicialmente como colono na Picada Rio Cadeia (atual São José do Hiortêncio/RS) citado em 1834, transferindo-se mais tarde para Padre Eterno (Sapiranga). Foi um dos presbíteros da Comunidade Ev. de Campo Bom no período de 1845 a 1851, sendo responsável pela área de Padre Eterno (Ev Lut Campo Bom - notas do pastor Recke). É citado em cartas escritas pelos imigrantes Philipp Elicker (maio de 1845) e Joh. Nikolaus Fuchs. Leonhard Volz era cunhado desse Fuchs (Site Niederlinxweiler/Auswanderer) Gilson Justino 106/32; M Brühl.
 
Fontes: site de Niederlinxweilwer , Heinz Schimidt

2 comentários:

  1. Esqueci
    Meu e-mail é marioschwingel@yahoo.com.br
    o anônimo Mário Schwingel

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentario!!! Volte Sempre!!!

Tecnologia do Blogger.