Pular para o conteúdo principal

Postagens

Postagem em destaque

Um passeio pela história e gastronomia da Floresta Negra

Região no sudoeste da Alemanha é famosa por seus relógios cuco e o bolo de cereja que leva seu nome. Em meio a construções típicas e fornos a lenha, museu ao ar livre mostra como se vivia ali antigamente.
Localizada no sudoeste da Alemanha, a região da Floresta Negra é o lar de uma rica e diversificada tradição cultural – afinal, ela tem cerca de 150 quilômetros de extensão de norte a sul. De leste a oeste, são 50 quilômetros na parte sul e aproximadamente 30 quilômetros na parte norte.
Situada ao longo das fronteiras com a Suíça, ao sul, e com a França, a oeste, a Floresta Negra tem sua própria identidade cultural. Esta foi influenciada tanto pelos hábitos e costumes dos países vizinhos quanto pelas condições de vida na própria região.
Algumas das coisas tidas no exterior como tipicamente alemãs são oriundas da Floresta Negra, como o chapéu Bollenhut, os relógios cuco.
Também é de lá o famoso bolo Floresta Negra. No entanto, é preciso mencionar que o quitute teria sido servido pela pr…
Postagens recentes

Dia das mães nas suas origens

Flores, chocolate, cartões. O Dia das Mães no Brasil e na Alemanha é comemorado no mesmo dia, o segundo domingo de maio, e tem origem comum, embora pouco conhecida nos dois países. O dia oficial foi estabelecido pelos governos de cada país em momentos diferentes, com base no pioneiro Estados Unidos, onde uma militante feminista brigou pela criação da homenagem.
Em maio de 1908, Anna Jarvis organizou na Filadélfia a primeira comemoração em uma igreja protestante. Ela entregou cravos brancos às mães e iniciou uma campanha junto a jornalistas e políticos proeminentes para incluir a data no calendário oficial. A ideia era honrar o sacrifício envolvido na criação dos filhos. O dia escolhido lembrava a morte de sua própria mãe, que havia lutado por melhorias nas condições sanitárias e para reduzir a mortalidade infantil.
A campanha deu certo e, em 1914, o então presidente dos Estados Unidos, Woodrow Wilson, determinou que fosse comemorado nacionalmente o Dia das Mães.
Feriado exportado
Na E…

Puxadinhos verdes

Os "Schrebergärten" – jardins urbanos alemães – são muitas vezes confundidos com favelas por estrangeiros, mas são espaços de lazer super disputados na Alemanha. 
Terrenos públicos são arrendados à população.
A primeira impressão do olhar estrangeiro sobre as pequenas casinhas amontoadas à beira das ferrovias ou no meio das cidades é de que são "favelas ao estilo alemão". 
Os barraquinhos de madeira enfileirados e separados por cercas são, na verdade, parte dos disputados jardins urbanos da Alemanha – os Schrebergärten.
Os terrenos públicos cedidos a mais de 15 mil associações que coordenam o aluguel e a utilização dos espaços servem para o cultivo de legumes, verduras e flores. Ou ainda para aproveitar as noites quentes do verão depois do trabalho ou fazer um churrasco no fim de semana.
É uma opção econômica para quem mora em apartamentos e não tem um espaço de lazer ao ar livre. Os "puxadinhos" nas grandes e pequenas cidades da Alemanha já foram consider…

Os alemães e o ovo: uma relação de amor

Na Alemanha, a importância do ovo não se evidencia somente na Páscoa. Eles são manuseados com copos e colheres especiais, são pintados e pendurados em árvores. 
Mesmo que todos saibam que coelhas e lebres não põem ovos: fotos como essa aparecem todos os anos durante a Páscoa. Na Alemanha, no entanto, o ovo tem uma importância especial não somente nesse período. 
No café da manhã, jantar ou como artigo de decoração: os alemães têm uma relação especial com o ovo.
Ovos coloridos
Os recém-chegados à Alemanha podem se surpreender se encontrarem em outubro, por exemplo, ovos cozidos coloridos no supermercado ou na padaria (e não congelados). Não se trata de um descuido. Os alemães consomem ovos pintados cozidos o ano todo. 
Segundo o jornal "Süddeutsche Zeitung", em 2016, foram vendidas 475 milhões de unidades.
Ovos não são postos por lebres, eles crescem em árvores. Trata-se de uma tradição alemã de Páscoa: decorar com ovos coloridos árvores no jardim ou buquês de galhos num jarro,…

Como Lutero provocou uma revolução religiosa mundial

Há 500 anos, Martinho Lutero deflagrou uma verdadeira revolução religiosa ao criticar publicamente a Igreja Católica em Wittenberg, na Alemanha, veja no link da reportagem (em vídeo)  da Deustche Welle


Inverno chega pra valer à Alemanha

Neve e temperaturas de mais de 20 graus negativos causam transtornos. Muitos, no entanto, sabem aproveitar as belas paisagens e se divertir no frio – também os animais.






Neste momento (10/01/2017), na terra natal de Leonard Volz, Niederlinxweiler/ALE, estas são as condições do tempo:

Tempo encontra-se com neve e nevoeiro 
Temperatura : 1°C 
Temperatura : 1°C 
Velocidade  do vento: 2 Km/h
Umidade do Ar : 93%
Previsão do Tempo  : 2°C | -1°C 
Chuva : 1.6 mm

Influencia de Lutero no Natal alemão

A Reforma Protestante transformou os mercados de Natal. Martinho Lutero queria abolir os santos católicos – especialmente São Nicolau. E ele tentou isso com a seguinte estratégia: a tradicional entrega de presentes realizada no Dia de São Nicolau, em 6 de dezembro, deveria ser realizada no Natal. Dessa forma, Lutero queria tirar o ato de presentear das mãos de São Nicolau para, finalmente, torná-lo totalmente dispensável, afirma o especialista Becker-Huberti. Por isso que, em muitos lugares, da Alemanha e de outros países europeus, não é o São Nicolau que traz os presentes na véspera do Natal, mas omeninoJesus. "Se alguém precisava de coisas para o Natal que não podiam ser produzidas pela própria pessoa, ela procurava os mercados de Natal, que originalmente eram focados em mercadorias totalmente diferentes", afirma. Assim nascia o mercado de Natal moderno – e nele não havia somente gado e mercadorias, mas também decoração para árvore de Natal e presentes.
Fonte: DW

Os diferentes tipos de cerveja alemã

A cerveja é um dos maiores orgulhos dos alemães. Para garantir a qualidade, existe até uma lei da pureza. A Reinheitsgebot está em vigor há 500 anos. De aspecto turvo e com aromas que vão de cravo a banana, as Weizenbiere estão entre as mais apreciadas pelo público cervejeiro em todo o mundo. Descubra a sua preferida entre as produzidas no país da Oktoberfest.
Elas são servidas à mesa no maior copo do bar – em formato de tulipa, de corpo longo e sinuoso e com o diâmetro ampliado no topo. 

O líquido tem um tom amarelo opaco e preenche o copo em sua totalidade, sendo coroado por uma espessa espuma com aromas que vão do cravo à banana. 

A cerveja de trigo (em alemão Weizenbier ou Weissbier) tem alta fermentação e, por isso, deve ser derramada vagarosamente no copo, de modo a deixar o líquido homogêneo. 

Para que a espuma fique perfeitamente uniforme no topo, é necessário chacoalhar a levedura que fica no fundo da garrafa.

Muito fermentadas, as cervejas de trigo não pertencem à Escola Ale…

Conheça expressões divertidas do idioma alemão

Quando os imigrantes alemães vieram para o sul do Brasil, eles trouxeram muito mais que malas e pertences, sua cultura, sua gastronomia e suas expressões idiomáticas que são bem divertidas.

Selecionei esta, bem atual:
Bauernopfer Quem joga xadrez sabe que os peões são importantes na estratégia do jogo, mas também são os primeiros a serem sacrificados para salvar uma peça de valor maior. Bauernopfer (Opfer = vítima; Bauer = agricultor) define quem é sacrificado para que outros não sofram danos maiores. Seria o equivalente à expressão popular brasileira "Boi de piranha".

Primeira Biblia

Esta é a primeira bíblia escrita por Martin Luther (foto acima), fundador da Igreja Evangélica Luterana. Está exposta em uma igreja Luterana em Frankfurt. Acredito ser uma cópia pois penso que não arriscariam perdê-la.

Dia da Unidade Alemã

3 de outubro é o Dia da Unidade Alemã e é dia de todo alemão comemorar. Há 26 anos, a Alemanha se reunificava, um ano após a queda do muro de Berlim, dando um fim à divisão do país ocorrida depois da Segunda Guerra Mundial. Por isso, hoje é feriado nacional na Alemanha.

Dresden, Capital da Saxônia é apreensiva anfitriã da cerimônia pela reunificação da Alemanha, centenas de milhares são esperados. Mas atos xenófobos mancham sua imagem, e o medo de atentados norteia as medidas das autoridades.
Apesar do devastador bombardeio no fim da Segunda Guerra Mundial, a cidade de Dresden, no Leste da Alemanha, tem muita beleza arquitetônica a oferecer. Dois de seus mais imponentes edifícios estão em foco nesta segunda-feira (03/10), quando o país comemora o 26º aniversário de sua reunificação pacífica.
Na igreja Frauenkirche – símbolo da cidade, reconstruído com baita engajamento por parte dos cidadãos – é celebrado um culto ecumênico. Na Semperoper, uma das mais famosas casas de ópera do mundo…