Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2009

Doces Recordações de um Natal do passado

Posso dizer com certeza que os natais do passado na familia Voltz eram por demais concorridos, tinhamos uma grande união familiar em torno da data. Reunidos no núcleo familiar de minha avó Maria e do meu avô Julio Voltz, criava-se momentos de rara beleza em torno das tradições alemãs. Unia-se a nós também o núcleo familiar de minha tia-avó Catarina, irmã de Maria. E além da culinária e ornamentação, esta música sempre me tocou profundamente. Stille Nacht (Noite Feliz, em alemão), com sua letra singela, mas que fazia toda a diferença para aquele que cultiva suas raízes. Acompanhe-me neste vídeo com a voz de Nana Mouskouri.



O Natal na Alemanha

O NATAL NA ALEMANHA


Símbolo: O Tannenbaum, isto é, o Pinheiro de Natal

SAUDAÇÃO:"Frohliche Weihnachten"

COSTUMES E TRADIÇÕES NATALINAS ALEMÃS

São famosas as feiras natalinas alemãs, as chamadas "Christkindlesmarkt", das quais uma das mais famosas é a de Nuremberg, e também a Feira do Menino Jesus, uma das mais antigas e famosas.

Desde cedo em Dezembro até a noite de Natal, o inverno se mistura com um cheirinho de castanhas e nozes assadas, além de um biscoito especial feito de mel, ovos e canela. Receita que as famílias mantém em rígido segredo!

A Alemanha é o país que, segndo se conta, viu nascer a árvore de Natal por volta do século VIII e, como não podia ser de outra maneira, os abetos adornados conquistam praças e lugares em todas as cidades durante o mês de Dezembro.

Santa Claus a domicílio

Turma é uma assocoação de estudantes que há uma década proporciona a visita de Santa Klaus a dezenas de lugares berlinenses. Basta uma chamada telefônica para reservar uma visita d…

160 Anos de Imigração Alemã em Santa Cruz do Sul

“Ninguém pode ser um bom brasileiro, se não honrar sua herança cultural.” Bento Munhoz da Rocha (1905 – 1973), sociólogo, escritor, professor, governador do Paraná e Deputado Federal.

"Niemand kann ein guter Brasilianer sein, der nicht seinem kulturellen Erbe Ehre macht“.  Bento Munhoz da Rocha -  Soziologe, Schriftsteller, Dozent, Staatsgouverneur von Paraná und Bundesabgedorneter.


Neste dia 19 de dezembro queremos lembrar os primeiros imigrantes que deixaram sua Heimat para trás e cheios de esperança se estabeleceram na Colônia Santa Cruz, recém fundada pelo governo do Estado de São Pedro do Rio Grande do Sul. Aqui iniciaram a construção do que viria a ser berço para nele nossas vidas se desenvolverem. A comunidade Regional, sociedade santa-cruzense e a comunidade de Linha Santa Cruz têm muito a lhes agradecer, pois eles frutificaram o solo, constituíram sociedades, construíram igrejas e escolas e assim fundaram nossa vida coletiva.

Também aos seus descendentes, que não se esquece…