Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2010

Data da festa do Natal tem origens pagãs

Na Alemanha, como no Brasil, é na véspera de Natal que se presenteiam parentes e amigos. 
Image by Patricia Oliveira via FlickrMas a comemoração é em 25 /12, quando, em muitos países, também transcorre a troca de presentes. Por que o Natal cai nesse dia?
A questão do Natal é parecida com o mistério da concepção da Virgem Maria. Ninguém sabe ao certo como aconteceu. Nos primeiros séculos da nossa era, havia na Palestina até mesmo cristãos que comemoravam o nascimento de Jesus em maio. Tradição, aliás, que muitos alemães até pensam não ser uma má ideia, considerando o estresse de fazer as suas últimas compras de Natal enfrentando o frio e ruas abarrotadas de neve. Natal invernal desde século 4º A tradição de se festejar o Natal durante o inverno europeu foi estabelecida no século 4º. Em 336, o 25 de dezembro é mencionado oficialmente pela primeira vez como o aniversário de Jesus. Mas o motivo dessa escolha é discutido pelos estudiosos até hoje. Alguns dizem que a data decisiva pa…

Gastronomia Alemã de Natal,

A referencia às deliciosas bolachinhas de manteiga (butterplätzchen) rendeu pedido de receita, por isto estamos aqui reproduzindo a receita, tradicional em todas as familias alemãs. 
Vamos lá, adicionando que, na Alemanha, as crianças curtem cortar e decorar as bolachinhas antes de ir ao forno.

Receita básica de butterplätzchen (bolachinha de manteiga)
Ingredientes:
540 gramas de farinha, 360 gramas de manteiga macia, 2 pacotinhos de açúcar de baunilha, casca ralada de um limão, 1 pitada de sal, 4 gemas e 180 gramas de açúcar de confeiteiro.
Modo de preparo: Bater a manteiga com o açúcar de baunilha, a casca de limão, o sal e bater até ficar cremoso. Aos poucos, acrescentar as gemas e o açúcar de confeiteiro. Por último, juntar a farinha previamente peneirada. Não é necessário bater muito. Esta massa básica pode ser modificada para algum tipo especial de bolachinha, bastando acrescentar mais algum ingrediente, como coco ralado, por exemplo.
A massa deve ser aberta com o rolo sobre uma super…

A polêmica da árvore de Natal

Apesar do consumismo e do sufoco dos preparativos, o Natal ainda continua sendo uma festa de tradições na Alemanha. As igrejas ficam mais cheias, ouvem-se canções natalinas em todas as partes, velhos costumes são revividos. Uma das tradições mais cultivadas é a da árvore de Natal: antes um símbolo pagão que a Igreja só adotou após muita relutância.
Todos os anos, cerca de 22 milhões de árvores de Natal enfeitam as residências alemãs. Na maioria dos casos são pinheiros naturais de vários tipos, formatos e tamanhos. Sempre decorados com velas de cera ou modernas correntes de luzinhas elétricas, além de bolas coloridas de vidro fino espelhado e enfeites de todos os tipos.
Para os alemães, independentemente da religiosidade de cada um, a árvore de Natal é um símbolo de paz, tranqüilidade e introspecção. Quando se pergunta às pessoas sobre o motivo de tal ligação com o pinheiro natalino, a resposta é quase sempre a mesma: o Natal é uma festa das crianças. E dela faz parte a árvore, que ale…

Tradições Natalinas Alemães - II - Gastronomia

Image by Bluecherry1408 via FlickrMuitas famílias alemãs comem na ceia de Natal ganso recheado. Típicos da época natalina são também vários tipos de bolachas e biscoitos, o vinho quente, as maçãs assadas. 
Com a vida agitada na sociedade moderna, não serão todas as alemãs que fazem as deliciosas plätzchen (foto ao lado), bolachinhas dos mais variados formatos e enfeitadas com todo capricho. Mas dona-de-casa que se preze sempre passa algumas horas na cozinha em dezembro, assando suas próprias bolachas e biscoitos. Principalmente se tem filhos, que não perdem a oportunidade de ajudar a cortá-los com as forminhas e, depois, decorá-los.
As bolachinhas, aliás, servem para consumo próprio, para oferecer às visitas ou então, embaladas com bom gosto e imaginação, para se dar de presente
Fonte: Deutsche Welle

A canção Noite Feliz, uma inspiração para o Natal

Image by J. Stephen Conn via FlickrUma das canções mais bonitas de Natal, Noite Feliz sempre me tocou e emocionou, ainda mais há uma semana da data natalina. Achei em um link do Terra / AFP um pouco desta história da música. Para acompanhar-la um clipe com a letra (original, em alemão) cantada por Nana Mouskouri.
Em 24 de dezembro, milhares de turistas irão mais uma vez para Oberndorf, perto de Salzburgo (região central da Áustria), onde há 192 anos foi composta Noite Feliz, que talvez seja a canção natalina mais conhecida do mundo.
Stille Nacht, Heilige Nacht em alemão,Noite Feliz em português, Silent Nightem inglês, Douce nuit em francês: hoje traduzida para 330 idiomas, a canção de Natal austríaca foi criada por acaso, quando quebrou o órgão da igreja do povoado de seis mil habitantes.
Em 1818, dois dias antes do Natal, o antigo órgão da igreja de São Nicolau, a paróquia do padre Joseph Mohr, parou de tocar. Para não decepcionar os fiéis, o sacerdote pediu ao amigo Franz Xaver Gruber,…