Pular para o conteúdo principal

Diaspora Alemã


 VÖLKERWANDERUNG / AUSWANDERUNGSWELLE

Os sobrenomes tipicamente alemães encontrados na Inglaterra, Holanda, Áustria, Luxemburgo, França, Itália e outros lugares da Europa, da Ásia e das Américas confirmam a grande dispersão que se processou através de muitos séculos e a manutenção do Alemão como língua materna mesmo depois de séculos em terras estrangeiras. 

 
No idioma alemão dá-se o nome de Völkerwanderung para a série de migrações de vários povos que ocorreu entre os anos 300 e 900 a partir da Europa Central e que se estenderia a todo o continente. No entanto, a dispersão de germânicos por meio de contínuas migrações para todas as direções continuou no transcorrer dos anos até os dias de hoje. Nos séculos XVIII e XIX, a grande onda de migração, denominada Auswanderungswelle, foi principalmente para as Américas. 

 Existem regiões européias onde sobrenomes germânicos ocorrem como resultado de circunstâncias históricas específicas. Entre estas regiões estão Siebenbürgen (Sete Castelos), um território na Transilvânia, localizado nos limites da moderna nação da Romênia. Por volta do ano de 1150, numerosos colonizadores alemães ali se estabeleceram. Foram denominados pelos nativos como “saxões”, um termo aplicado a todos os germânicos pelos povos dos Balcãs. E isto ocorreu um século antes da fundação de Berlim. 

 Sobrenomes alemães também podem ser encontrados na Rússia e na Ucrânia. Já no século XIII, em seguida à invasão mongol, as autoridades da Ucrânia e da Rússia recrutaram mercadores e artesãos germânicos para revitalizar as cidades devastadas pelas hordas asiáticas. 

Sempre houve fluxos migratórios para o leste europeu, dadas as lacunas habitacionais. Os que migravam continuavam falando Alemão e vivendo a cultura alemã. Mais tarde, no século XVIII, a convite da imperatriz Catarina, a Grande, mais colonizadores germânicos estabeleceram-se nas férteis terras banhadas pelo rio Volga. 

Enquanto alguns alemães aprenderam a língua local e adotaram costumes eslavos, muitos se mantiveram como alemães, vivendo em cidades de língua alemã com nomes alemães, freqüentemente sob o sistema legal conhecido como “Magdeburg Lam”, tomado da cidade alemã de Magdeburg. 

Também na direção do Báltico, a partir do século XII, aventureiros, mercadores e missionários alemães eram bem ativos e a influência alemã era refletida em diversos sobrenomes encontrados pela Pomerânia, Letônia, Lituânia e Estônia. A Alemanha medieval foi o berço de muitas cidades dinâmicas e independentes, onde as classes governantes eram formadas de abastados mercadores e profissionais dos mais diferentes ramos.

A GRANDE DIÁSPORA ALEMÃ

Conforme estas migrações se desenvolviam, a cultura alemã ia se difundindo através da Europa. No entanto, o idioma foi se desenvolvendo de forma desigual, em muitas localidades que não tinham ligação entre si, por isso não é falado do mesmo modo e existem tantas tendências regionais, tantas particularidades e tantos dialetos. 

Esta grande diáspora de germânicos pelo mundo por um período de tempo tão prolongado provocou separações, cortou laços familiares e marcou profundamente na alma alemã os sentimentos de saudade e o anseio básico que o descendente sente em ter contato com outros descendentes, bem como a sensação que os D.As. (Descendentes de Alemães) deveriam ser mais unidos. Também explica a presença habitual da palavra Heimat na música alemã. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casa em estilo enxaimel, tipicas construções alemãs

Estilo Enxaimel
“O Enxaimel, ou Fachwerk (originário de “Fach” assim denominavam o espaço preenchido com material entrelaçado de uma parede feita de caibros), é uma técnica de construção que consiste em paredes montadas com hastes de madeira encaixadas entre si em posições horizontais, verticais ou inclinadas, cujos espaços são preenchidos geralmente por pedras ou tijolos. 
Os tirantes de madeira dão estilo e beleza às construções do gênero, produzindo um caráter estético privilegiado. Outras características são a robustez e a grande inclinação dos telhados. Na adaptação do enxaimel às características climáticas da região, foi necessária a implantação, por conta da elevada umidade local, de uma estrutura feita de pedra que sustenta as construções evitando que a madeira se molhe.
Casa em estilo enxaimel
As casas no chamado estilo enxaimel são uma das principais atrações turísticas em qualquer região de colonização alemã. Quando os primeiros alemães chegaram ao Brasil, a arqu…

Canção de Ninar em alemão

Esta linda canção de ninar, traz-me lembranças, na minha infância eu escutava ela.. é tão melodiosa e tranquila, parece uma linda prece. Trouxe aqui a letra e música (com tradução) em um vídeo emocionante de Vicky Leandros.

Guten Abend, Gute NachtCanção infantil Guten Abend, gut' Nacht!
Mit Rosen bedacht,
mit Näglein besteckt,
schlupf unter die Deck'!
Morgen früh, wenn Gott will,
wirst du wieder geweckt,
morgen früh, so Gott will,
wirst du wieder geweckt.
Guten Abend, gut'Nacht!
Von Englein bewacht,
die zeigen im Traum
dir Christkindleins Baum,
Schlaf nun selig und süß,
schau im Traum's Paradies,
schlaf nun selig und süß,
schau im Traum's Paradies.

Tradução:

Boa noite, boa noite!
preocupado com as rosas,
corados com cravos,
deslizar sob o cobertor!
Amanhã de manhã, se Deus quiser,
você vai acordar mais uma vez,
amanhã, se Deus quiser,
você vai acordar mais uma vez.
Boa noite, boa noite!
guardada por anjos,
o show em um sonho
seu filho Jesus
Durma agora de…

Dia da Unidade Alemã

3 de outubro é o Dia da Unidade Alemã e é dia de todo alemão comemorar. Há 26 anos, a Alemanha se reunificava, um ano após a queda do muro de Berlim, dando um fim à divisão do país ocorrida depois da Segunda Guerra Mundial. Por isso, hoje é feriado nacional na Alemanha.

Dresden, Capital da Saxônia é apreensiva anfitriã da cerimônia pela reunificação da Alemanha, centenas de milhares são esperados. Mas atos xenófobos mancham sua imagem, e o medo de atentados norteia as medidas das autoridades.
Apesar do devastador bombardeio no fim da Segunda Guerra Mundial, a cidade de Dresden, no Leste da Alemanha, tem muita beleza arquitetônica a oferecer. Dois de seus mais imponentes edifícios estão em foco nesta segunda-feira (03/10), quando o país comemora o 26º aniversário de sua reunificação pacífica.
Na igreja Frauenkirche – símbolo da cidade, reconstruído com baita engajamento por parte dos cidadãos – é celebrado um culto ecumênico. Na Semperoper, uma das mais famosas casas de ópera do mundo…