12 de fev de 2011

A Alemanha tal como conhecemos foi um processo lento e gradativo desenvolvido ao longo do século XIX, foi consolidado por Otto Von Bismarck. O espaço territorial germânico era constituído por 39 Estados diferentes reinos, ducados e cidades livres, que apenas tinham em comum a mesma raiz linguística (o alemão) e a mesma base cultural. 

Único (suposto) retrato disponível de Störtebeker,
No meio de todos estes estados, acabam por ter suas lendas e histórias, a quero contar hoje tem a ver com Hamburgo, cidade do extremo norte da Alemanha. A lenda é sobre o mítico Störtebeker  ou Nikolaus StorzenbecherEle foi pirata. Ele roubou dos ricos. Ele foi degolado e mesmo assim saiu andando depois libertando prisioneiros.  
Junto a outro pirata famoso, Gödeke Michels, Störtbeker fundou o grupo Vitalienbrüder. O objetivo? Roubar navios e comprar comida para o povo da cidade de Estocolmo, que na época era território alemão e encontrava-se bloqueada por conta de uma guerra contra a Dinamarca. A fama de "paizão dos pobres" do pirata era legítima: ele não levava a mais por ser capitão do time e sempre fazia questão de dividir os pertences ir-ma-men-te entre os submissos!
Ao ter sido capturado, Störtebeker e mais 73 prisioneiros piratas foram sentenciados à guilhotina. Störtebeker perguntou, então, ao prefeito de Hamburgo, se ele poderia libertar os prisioneiros, caso conseguisse dar uma voltinha depois que a cabeça fosse decepada. Promessa feita, o pirata ainda conseguiu percorrer 12 metros, coitado. Infelizmente o prefeito não cumpriu o trato. Até hoje deve puxar correntes...
Referencias:
Tamine Maklouf - Die karambolage

Artigos Populares

Arquivo do blog

Lista de Blogs