Alemanha, fascinio e fantasia nos castelos em exposição

Castelo Neuschwanstein 1 / Neuschwanstein Castle 1
Image by Márcio Cabral de Moura via Flickr
É dificil encontrar, mas talvez exista alguém que não de castelos, afinal eles fascinam há séculos crianças e adultos, vou até dedicar-me a fazer um artigo só sobre o fantástico castelo de Ludwig II, da Baviera, inspirador que foi do castelo da Cinderela, de Walt Disney. Mas agora estou escrevendo para falar da Exposição em Nuremberg que revela curiosidades sobre a história dessas fortalezas.

A exposição Mythos Burg (Castelo como mito) apresenta até o próximo dia 7 de novembro, no Museu Nacional Germânico, em Nurembergue, cerca de 650 objetos. A mostra abrange peças de coleções de castelos europeus e museus internacionais, que vão de armaduras medievais até litografias. O objetivo é possibilitar ao público uma visão geral sobre o mito do castelo, da Idade Média aos nossos tempos, além de mostrar o papel que essas fortalezas desempenharam nas artes românica e gótica.

A exposição é dividida em oito capítulos, que mostram desde azulejos, passando por ilustrações e miniaturas de diversos tipos de castelos, até jogos de tabuleiro e imagens projetadas de cartazes e filmes.
Armaduras e escudos, espadas, correntes e capacetes, roupas de época, painéis, livros ou o valioso fragmento do manuscrito de Parsifal são apresentados em 1.200 metros quadrados do museu. Não se trata somente da maior exposição mundial sobre castelos, mas a mostra também traz uma série de novos conhecimentos sobre o tema. 
Antigamente, as fortalezas não eram apenas residências para nobres, mas também usadas por cidades e mosteiros. Até agora, acreditava-se que a primeira grande leva de construções de castelos teria sido fruto da perda de poder dos reinos a partir do século 11. Agora se sabe que já no século 7º tais instalações eram bastante disseminadas para proteção de vilas inteiras. 
Por isso, os conceitos de "castelo" e "cidade" são empregados eventualmente como sinônimos, o que mostra que os "citadinos", em sua localidade cercada de muralhas, em breve seriam chamados de "cidadãos".              


Nenhum comentário

Obrigado pelo seu comentario!!! Volte Sempre!!!

Tecnologia do Blogger.