Header Ads

Adotar o alemão como idioma oficial do país gera polêmica

Coat of arms of the Federal Republic of Germany.Image via Wikipedia

Quando um país é formado por várias etnias e culturas, conflitos podem demorar a surgir, porém são inevitáveis, a discussão atual na Alemanha é a oficialização do idioma alemão

Associações entregam petição reivindicando adoção do alemão como língua oficial da Alemanha. Organizações de imigrantes acompanham o debate com desconforto por temer exclusão das minorias e perda de identidade cultural.

No último dia 09/11, representantes da Associação do Idioma Alemão (VDS) e da Associação para as Relações Culturais Alemãs no Exterior (VDA) entregaram cerca de 50 mil assinaturas ao presidente do Parlamento alemão, Norbert Lammert, reivindicando que o alemão seja adotado como língua oficial no país.


"O idioma da Alemanha é o alemão". É a frase que a VDS espera ver futuramente na Lei Fundamental. "Acreditamos que o alemão desfrute de pouco prestígio em nossa sociedade", afirma Holger Klatte, porta-voz da associação, referindo-se ao peso do inglês na ciência, tecnologia e outras áreas. "Com a inclusão do alemão na Lei Fundamental, a importância da língua seria outra", diz.


Há dois anos a associação chegou a um estágio vitorioso com o apoio do partido conservador União Democrata Cristã (CDU). No entanto, na coalizão de governo com o Partido Liberal Democrático (FDP), a reivindicação perdeu força. 


O jornal alemão Bild aderiu à campanha e recrutou seus leitores para enviarem uma carta à VDS, onde consta, entre outros, a afirmação: "eu não quero famílias de imigrantes que, na sua terceira geração, ainda se recusam a aprender corretamente o idioma do país onde vivem".

O maior motivo para a instuição do idioma é a ameaça do anglicismo : a VDS esclarece que não é contra o fato de as pessoas falarem outros idiomas. "Imigrantes devem ser encorajados a falar suas línguas nativas", afirma Klatte. Segundo a associação, a língua está em risco não por causa dos imigrantes, mas pelo uso crescente do anglicismo e por não criar um novo vocabulário. "A língua não está se desenvolvendo", diz Klatte.  

No entanto, alguns questionam que a adoção de palavras em inglês é parte do processo natural da língua. "Frequentemente o anglicismo cobre lacunas temporárias", afirma Doris Steffens, do Instituto da Língua Alemã de Mannheim. "Pegar emprestado palavras de outros idiomas tem acontecido há séculos – do francês e ainda antes do latim", diz Steffens. "O idioma alemão não é uma grandeza absoluta, que possa ser colocado em uma lei. É um sistema em constantes mudanças ", finaliza.

4 comentários:

  1. Não sabia dessa, pensei que o a língua alemã já fosse oficial lá.

    ResponderExcluir
  2. Nossa... nem imaginava que o idioma alemão não o ser! Com certeza, nos tempos atuais, o ingles tem invadido o dia-a-dia da linguagem mundial. É preciso sim preservar a língua pátria e os imigrantes devem procurar falar o melhor possível, para mim, é uma questão de respeito.

    ResponderExcluir
  3. O portugues depois do Lula será a lingua universal e pronto.

    ResponderExcluir
  4. A Alemanha passa por uma crise de identidade devido a miscigenação na população. Os alemães não estavam preparados para isso e agora enfrentam problemas sociais. Muito bacana o artigo. Abraços.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentario!!! Volte Sempre!!!

Tecnologia do Blogger.